27 de novembro de 2016

Glória ao revolucionário Fidel Castro

Samir Amin

Forum du Tiers-Monde

Tradução / Fidel Castro entra para o panteão dos maiores revolucionários do século XX, aqueles que iniciaram a saída da humanidade do inferno do capitalismo imperialista.

Foi o catalisador de todas as aspirações de seu povo. Fidel, junto a seus mais próximos companheiros: Che Guevara, Raúl Castro e todos os militantes do Partido Comunista puseram ponto final na dupla herança odiosa da plantação escravagista açucareira e do bordel dedicado aos turistas estadunidenses e transformaram o país em uma Cuba livre e socialista. Não é questão de palavras nem de slogans. O povo cubano foi 100% alfabetizado, está melhor alimentado, melhor abrigado e melhor curado do que a grande maioria dos trabalhadores de outros países da América Latina e do Caribe consideravelmente mais ricos.

Fiéis à vocação internacionalista e universalista do marxismo revolucionário, Cuba e seu povo apoiaram ativamente as lutas armadas de libertação nacional dos povos africanos. O exército cubano infligiu uma esmagadora derrota à África do Sul; derrota que marcou o fim do apartheid, sustentado até seu último suspiro pelos Estados Unidos e seus servis aliados da Europa.

Cuba livre e socialista soube enfrentar de maneira vitoriosa as vicissitudes da história contemporânea, resistir ao odioso bloqueio econômico imposto pelos Estados Unidos e a Europa e superar as dramáticas consequências da derrubada da União Soviética. Esse povo combativo e seus lúcidos dirigentes têm sido capazes de responder aos novos desafios que lhes apresentam, encontrar as mais justas e eficazes respostas e avançar na construção do socialismo do século XXI.

Glória à memória de nosso camarada Fidel Castro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário